Comitês Regionais de Combate ao Aedes

PORTARIA 102, DE 5 DE MARÇO DE 2015

FERNANDO HADDAD, Prefeito do Município de São Paulo,

usando das atribuições que lhe são conferidas por lei, e

CONSIDERANDO que o êxito no controle da Dengue e Chikungunya

depende do envolvimento de todos os cidadãos nas

ações contínuas para evitar a proliferação do Aedes-aegypti;

CONSIDERANDO a importância do servidor público municipal

como agente de bem estar para a população da Cidade;

CONSIDERANDO a necessidade de mobilização de todos no

enfrentamento da Dengue e Chikungunya;

CONSIDERANDO que o controle da Dengue e Chikungunya

necessita da efetiva articulação dos setores públicos,

RESOLVE:

Art. 1º – Constituir, nas 32 Subprefeituras do Município de

São Paulo, os “Comitês Regionais de Combate ao Aedes”.

Art. 2º – Os Comitês Regionais de Combate ao Aedes terão

a seguinte composição:

I) O Subprefeito, que será seu Coordenador;

II) O Supervisor da Supervisão Técnica de Saúde correspondente

à Subprefeitura;

III) O Supervisor da Supervisão de Vigilância em Saúde

correspondente à Subprefeitura; e

IV) Representantes dos seguintes Órgãos:

a) Secretaria Municipal de Educação, por Diretoria Regional

de Educação correspondente à Subprefeitura;

b) Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente;

c) Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento

Social;

d) Defesa Civil;

e) Conselho Participativo Municipal da Subprefeitura;

f) Conselho Gestor da Supervisão Técnica de Saúde.

§ 1º – Poderão ser convidados representantes de outros órgãos

ou entidades públicas e da sociedade civil para, no âmbito

de suas respectivas finalidades e competências, colaborarem

com os trabalhos dos Comitês;

§ 2º – Cada Secretaria ou órgão indicará um representante

titular e um suplente para o Coordenador do respectivo Comitê,

que os designará.

Art. 3º – Os Comitês Regionais de Combate ao Aedes terão

por finalidade, na respectiva Subprefeitura:

I) Acompanhar a execução do plano de ação regional de

combate à Dengue e Chikungunya;

II) Mobilizar a estrutura do governo municipal necessária;

III) Mobilizar a sociedade civil;

IV) Manter articulação com as outras esferas de Governo;

V) Promover a divulgação da situação epidemiológica da

Dengue e Chikungunya e da situação entomológica do Aedes e

as medidas de prevenção e controle planejadas.

Art. 4º – Cada Subprefeitura proverá o apoio administrativo

necessário ao funcionamento dos Comitês.

Art. 5º – Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação,

revogadas as disposições em contrário, especialmente

a Portaria nº 68-PREF, de 08 de março de 2002.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, aos 5 de março

de 2015, 462° da fundação de São Paulo.

FERNANDO HADDAD, Prefeito

Anúncios

Sobre diariooficialdalapa
ativista lapeano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: