PLANO DE METAS – ASS.SOCIAL LAPA

Plano de Trabalho/ Metas: 1) Nome e Estrutura Hierárquica (EH) da unidade de trabalho: Supervisão de Assistência Social da Lapa – SAS LA – EH 241103005000000

2) Nome e registro funcional do gestor da unidade de trabalho: CLEIDE LEONEL AMARO MENDES RF: 512.551-1/7

3) Nome da ação: GESTÃO INTEGRADA E INTERSETORIAL

4) Tipo da ação: processo

5) Objetivo a ser atingido: Articular A Rede De Proteção Socioassistencial Com As Demais Politicas Publicas No Território Considerando Suas Necessidades E Potencialidades Visando Desenvolvimento Local

6) Público alvo: FUNCIONARIOS SAS/CRAS; SISTEMA DE GARANTIA DE DIREITOS (SGD); SUB LAPA; SMS; SOCIEDADE CIVIL E DEMAIS ATORES REGIONAIS

7) Justificativa para o desenvolvimento da ação: implementar a assistência social como direito de cidadania e responsabilidade do estado 8) Cronograma contendo as etapas e/ ou o período de execução das mesmas: 1)LOCALIZAR E ATENDER NA REDE DE PROTEÇÃO SOCIAL AS FAMILIAS BENEFICIÁRIAS DOS PTRs; De janeiro a dezembro 2016 2)SUPERVISIONAR E MONITORAR OS 11 SERVIÇOS DA PSE – 264 VISITAS/ANO ; De janeiro a dezembro 2016 3)ARTICULAR TRABALHO INTERSETORIAL – 40 REUNIÕES / ANO (GOVERNO LOCAL/SMS /SGD; De janeiro a dezembro 20169) Meta ou indicador a ser alcançado no final do ciclo da avaliação(Campo 7 do Instrumental – RT): 85% Plano de Trabalho/ Metas: 1) Nome e Estrutura Hierárquica (EH) da unidade de trabalho: Centro de Referência de Assistência Social da Lapa – CRAS LA – EH 241103005040000 2) Nome e registro funcional do gestor da unidade de trabalho: MARIA DAS CANDEIAS VIEIRA PINTO RF: 564.524.7 3) Nome da ação: INTEGRAÇÃO DE SERVIÇOS E BENEFÍ- CIOS PARA ATENDIMENTO INTEGRAL À FAMÍLIA 4) Tipo da ação: processo 5) Objetivo a ser atingido: Atender a população em situação de vulnerabilidade e/ou risco social com oferta de Programas; Projetos; Benefícios e Ações através do PAIF, de forma articulada, integrada e intersetorial contribuindo para seu protagonismo na superação das dificuldades vivenciadas. 6) Público alvo: : indivíduos e famílias em situação de vulnerabilidade e/ ou risco social; beneficiários de PTRs e usuários da Rede de Proteção Social. 7) Justificativa para o desenvolvimento da ação: Necessidade de responder às demandas dos usuários com qualidade a fim de efetivar a Assistência Social como direito de cidadania e responsabilidade do Estado. 8) Cronograma contendo as etapas e/ ou o período de execução das mesmas: 1)Localizar e atender na Rede de Proteção Social as famí- lias beneficiárias de PTRs.; De janeiro a dezembro 2016 2)Supervisionar e monitorar os 24 serviços SCFV da PSB – 288 visitas/ ano; De janeiro a dezembro 2016 3)Acompanhar pelo PAIF as famílias em descumprimento das condicionalidades com registro no sistema; De janeiro a dezembro 2016 4)Acompanhar pelo PAIF as famílias em situação de vulnerabilidade e/ou risco social ; De janeiro a dezembro 2016 9) Meta ou indicador a ser alcançado no final do ciclo da avaliação(Campo 7 do Instrumental – RT): 80%

Anúncios

Sobre diariooficialdalapa
ativista lapeano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: